Começam as ações da campanha sobre a saúde do homem


Começam as ações da mobilização da campanha Novembro Azul, voltada para reforçar a importância do diagnóstico precoce do câncer de próstata e incentivar os homens a cuidarem da própria saúde. Em apoio à campanha, a Secretaria de Estado da Saúde desenvolveu materiais gráficos sobre o assunto, disponíveis para download no site da secretaria.

De acordo com dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca), o câncer de próstata é o segundo tipo de câncer mais comum entre os homens brasileiros. Até o final do ano, a estimativa é que mais de 68 mil casos da doença sejam diagnosticados no Brasil. Apenas no Paraná, dados preliminares mostram 990 mortes causadas por câncer de próstata em 2018.

O secretário de Estado da Saúde, Antônio Carlos Nardi, ressalta que quanto mais precocemente a doença for diagnosticada, maiores as chances de cura. Ele lembra, ainda, que os exames preventivos estão disponíveis o ano todo na rede pública de saúde. “Nós homens não somos super-homens. Devemos cuidar nos cuidar, frequentando as unidades de saúde com regularidade, solicitando exames preventivos, mantendo as vacinas em dia. O homem que ama sua família cuida de si”, afirma Nardi.

COMO UM TODO

Mas não é apenas a prevenção do câncer de próstata que merece atenção da população masculina. A responsável pela Divisão de Saúde do Homem da Secretaria de Estado da Saúde, Carolina Poliquesi, lembra que os homens precisam cuidar da saúde como um todo, adotando hábitos saudáveis, como alimentação equilibrada, prática de atividades físicas e lazer.

“O homem não é só próstata. Cuidar da saúde não é apenas se prevenir em relação ao câncer e outras doenças. É também buscar qualidade de vida, para si e para sua família”, diz Carolina.

MATERIAIS

Na página da Secretaria de Estado da Saúde http://www.saude.pr.gov.br é possível encontrar modelos de diversos materiais informativos sobre o Novembro Azul, incluindo folder, banner e cartaz. A ideia é que municípios, instituições e grupos interessados baixem os materiais e os utilizem nas mobilizações durante todo o mês. “Quanto mais pessoas se unirem em apoio ao Novembro Azul, maior será o alcance da campanha. Precisamos incentivar os homens paranaenses a pensarem mais na própria saúde e se cuidarem mais”, finaliza Carolina.

Fonte: Agência Estadual de Notícias do Paraná

Compartilhe: