Cianorte tem 4 novos casos confirmados e outros 440 em investigação

Nesta sexta-feira (19), foram confirmados 4 novos casos de Covid-19 (novo coronavírus) em Cianorte. Segundo as informações divulgadas pela Prefeitura de Cianorte em seu boletim, dos novos casos três – um menino de 11 anos e duas mulheres com 22 e 39 anos – tiveram contato com casos já confirmados anteriormente e estão em isolamento domiciliar. O outro caso é de uma mulher de 38 anos, que é profissional da saúde e contaminou-se no trabalho. Ela também está em isolamento domiciliar.

Desta forma, o novo boletim aponta 261 casos confirmados em Cianorte, dos quais 226 já estão recuperados, 25 se encontram em isolamento domiciliar, 05 internados em enfermaria e 03 internados em Unidade de Tratamento Intensivo (UTI); e 02 óbitos. Dos casos confirmados, 120 são homens e 123 são mulheres, além de 18 crianças e adolescentes.

Também foram descartados 325 casos suspeitos, além disso, 399 pessoas estão sendo monitorados em isolamento domiciliar. O boletim aponta ainda que há 440 pacientes investigados, ou seja, pessoas que estão em isolamento domiciliar aguardando resultado de exame laboratorial. O que destaca a necessidade das pessoas ficarem em casa e manter o isolamento social.

NOVAS MEDIDAS

Na tarde da última sexta-feira (19), o prefeito Claudemir Romero Bongiorno também anunciou durante uma live nas redes sociais que haverão algumas mudanças nas medidas adotas de enfrentamento ao Covid-19 (novo coronavírus), conforme o Decreto nº 121, publicado nesta sexta-feira no órgão oficial do município.

“A partir de amanhã (20) nós teremos algumas mudanças e eu gostaria de passar para vocês. O nosso horário de recolher, era às 23 horas. Agora será às 22 horas. Então depois das 22 horas não poderá mais ter ninguém na rua. Os comércios que tem atividade noturna poderão funcionar até às 22 horas, com exceção dos serviços essenciais, e também o delivery que pode ser entregue até as 23:30 horas, os demais comércios, principalmente é claro, os comércios noturnos, só poderão ficar abertos até as 22 horas.”, afirmou.

Portanto, o decreto apresenta mudança no horário de funcionamento do comércio, já a partir deste sábado (20), sendo que agora os mercados poderão funcionar das 08 às 20 horas de segunda-feira a sábado e das 08 às 13 horas aos domingos.

“Em relação aos supermercados, eu quero fazer um alerta, é visível e decepcionante, a forma como os proprietários tão conduzindo isso. Temos percebido e nossa equipe de fiscalização também. Houve um relaxamento, então nós vamos fiscalizar mais intensamente esse setor.”

Já os bares, as lanchonetes, as lojas de conveniência de postos de combustíveis, os restaurantes e similares poderão funcionar até as 22h de segunda-feira a sábado e até as 13h aos domingos, exceto para o atendimento delivery, podendo realizar entregas até as 23h30min;

Outra medida é referente ao toque de recolher no município que agora passa a vigorar das 22 horas às 05 horas do dia seguinte, sendo que nesse período só poderão circular pessoas ligadas aos serviços essenciais.

Com esses novos horários, Bongiorno destacou que aos domingos, Cianorte deverá ficar totalmente fechada. “Uma mudança importante e nós entendemos que vai reduzir bastante a circulação de pessoas, no nosso município, não só circulação, mas principalmente a aglomeração de pessoas é os domingos a tarde. Por isso Cianorte vai fechada em todas as atividades, com excessão é claro dos essenciais que nós já falamos, então só ficará aberto aos domingos até as 13 horas. Depois das 13 horas a nossa cidade tem que ficar em silêncio, ou seja, não queremos ver ninguém nas ruas, pra ver se a gente consegue conter essa evolução, essa contaminação desse vírus tão violento que tem nos causado muita preocupação.”

LEITOS

O prefeito Bongiorno também destacou o quão importante é a população fazer sua parte na prevenção do COVID-19, destacando inclusive que “Nós nos deparamos com uma situação muito preocupante, quando na terça-feira (16) a enfermaria da Santa Casa da ala de COVID-19 ficou totalmente tomada; ou seja os leitos foram todos ocupados. Foram 12 leitos de enfermaria e três leito de UTI. Graças a Deus, tínhamos mais 3 leitos UTI e outros dois, em que o aparelho está lá e caso haja necessidade, nós podemos instalar.”, ressaltou o prefeito.

Bongiorno destacou que com isso houve a necessidade de encontrar uma alternativa para os leitos. “Junto com a equipe conversamos e chegamos a conclusão que o melhor seria separar uma ala na UPA (Unidade de Pronto Atendimento), e colocarmos uma equipe só para atender pessoas que tem sintomas respiratórios, ou seja, que poderão estar contaminados pelo COVID-19. Essa mesma equipe terá contanto também com o pessoal que está atendendo lá no Centro de Eventos Yoshito Mori. Então a partir de segunda-feira, nós teremos mais 12 leitos na UPA. E se conseguirmos aparelho, que é bem possível que a gente vai instalar lá, teremos mais duas UTI lá na UPA.”, explicou.

Ainda durante a live, Bongiorno disse que as pessoas que utilizam a UPA vão receber todos os cuidados necessários e que “Eu quero tranquilizar a todos que utilizam a UPA e que precisam da UPA ou que vão precisar da UPA, que não vai haver esse contato, pois o profissional que vai atender o COVID-19, as pessoas contaminadas ou que tenham qualquer tipo de sintomas, não vai atender as outras enfermidades. Então fiquem tranquilo que tudo foi muito bem isolado e muito bem pensado. Mas a gente se preocupa porque pode chegar um ponto que equipamento, que profissional não darão, talvez, conta de tantos casos. Nós tivemos na Santa Casa afastamento de mais de 20 profissionais da saúde, e após testes chegou-se a conclusão que só 9 estavam realmente contaminados e que tiveram que permanecer em suas casas de quarentena.”, afirmou.

Ainda falando do afastamento dos profissionais da saúde, Bongiorno fez um apelo às pessoas que estão com casos confirmados ou suspeitos. “Falando em quarentena, eu gostaria de dizer a todos aqueles que estão afastados, ou por empresa, ou pela prefeitura, ou por hospitais, que por favor, continuem afastados, mas cumpra o que foi pedido, fica de quarentena, fica em casa.”

Em sua live, Bongiorno ressaltou que os casos monitorados terão um maior acompanhamento. “A partir de segunda-feira (22), a nossa equipe vai verificar e se você não estiver em casa, se tiver na rua, se tiver colocando a vida das pessoas em risco, será aplicada a lei. E a lei é pesada, então eu oriento a todos vocês que pro bem da sua saúde, para que você não corra risco de vida, e também não tenha um processo judicial que faça realmente o que a lei determina, fique em casa, use máscara e lave as mãos constantemente. Porque você é uma pessoa que poderá levar o contágio às demais pessoas.”, apelou.

TESTES

O prefeito Bongiorno aproveitou para esclarecer que o aumento de casos positivos também aconteceu porque houve um aumento no número de pessoas testadas em Cianorte. “Eu gostaria de mais uma vez de dizer a todos vocês que até agora nós temos tido condição de cuidar de vocês, para ter uma ideia, quando montamos o Yoshito Mori, a gente achava que ia atender, 20, 30 pessoas por dia. Hoje estamos atendendo quase 100 pessoas todo dia com sintoma respiratório. E está dando mais resultado positivo porque estamos testando muito mais. Antigamente testava alguns casos mais grave. Hoje, sintomas leves, também estamos testando. Então não se assustem se vocês virem resultado positivo. O que precisamos é que as pessoas idosas se cuidem mais e que nós conseguimos ter local pra tratar das pessoas.”, ressaltou

FISCALIZAÇÃO

O prefeito Bongiorno também afirmou que a fiscalização será intensificada no município. “Quanto a fiscalização eu gostaria de fazer um alerta a todos vocês. O governador do estado tem cobrado ou exigido da policia militar uma maior fiscalização, inclusive junto com a Regional de Saúde e junto com o município. Então isso vai acontecer. Então, provavelmente, todos vocês que tem comércio, seja o comércio que for, estarão nos primeiros dias da semana, já ou amanhã (20), recebendo a visita ou da polícia militar, ou da vigilância sanitária, ou da prefeitura.”, destacou.

Durante a live, Bongiorno também esclareceu à população sobre a situação do comércio. “Eu gostaria de dar uma satisfação as pessoas que me ligam, que me cobram, porque não fecha o comércio. Queria dizer pra vocês que é muito difícil fazer isso. E que nós vamos fazer agora essas ações através do Decreto (nº 121) que acabamos de assinar. Mas o que nós vamos fazer mesmo é fiscalização e vamos reparar e ver o que vai acontecer. Esse decreto não tem tempo determinado. Ele pode ser alterado a qualquer momento, ou pior ou melhor, ou seja, ou flexibiliza, ou talvez dificulta mais ainda pros comerciantes.”, afirmou Bongiorno.

Ao finalizar a live, Bongiorno fez um apelo a população. “A gente só foca numa coisa, vidas. E é o que queremos salvar aqui no nosso município. Nós lutamos muito para que não houvesse nenhum óbito em Cianorte, muito, e continuamos lutando até hoje, mas infelizmente, nós perdemos duas pessoas. E nós estamos lutando muito, para que nós não tenhamos mais óbitos em Cianorte. Pra isso eu conto com a sua ajuda, ajuda ao pessoal da saúde, ajuda a todos nós que estamos envolvidos, nós não queremos perder ninguém pro coronavírus. Dependemos muito de que vocês tenha consciência para nos ajudar. Daqui a pouco se continuar assim, não é remédio que está no estoque que vai resolver, leito não vão suportar, e a questão de servidor, eu não tenho como contratar mais médico, eu não tenho recurso e nem profissional a disposição. Então imagina vocês se contaminar muitas pessoas, nestes locais de trabalho da saúde, o que tá acontecendo no Brasil, tem leito e não tem profissional. Então gostaria muito que vocês nos ajudassem, e quero fazer aqui um agradecimento a toda a equipe da saúde, não só de Cianorte, mas do Paraná e do Brasil. Mas não se apavore, fiquem calmos, cuidem cada um de si, por que agora é assim, ele é individual essa doença, cada um tem que cuidar de si, então cuide, cuide dos seus pais, dos seus avós, se Deus quiser e eu acredito muito, tudo isso vai passar e nós vamos sair muito mais experientes, muito mais fortalecido, muito mais sensível, e a gente vai ver que a gente é pequeno, que nós não somos quase nada, que um vírus, é capaz de levar pessoas sem um tostão e pessoas com um milhão. Vamos se cuidar.”, finalizou.

Compartilhe: