Cianorte sedia curso de inventário turístico para a Região Corredores das Águas

turismo-regiaoCom o objetivo de nortear e facilitar o processo de dimensionamento da oferta turística do noroeste paranaense, a Rede de Turismo Regional (Retur) está capacitando os gestores municipais para a criação de um inventário turístico. Para isso, a entidade ofertou uma capacitação, por meio de uma turismóloga, Patrícia Barros Schiavoni, que foi realizada em quatro cidades e contemplou os municípios vizinhos. Assim, após passar por Nova Londrina, Maringá e Umuarama, a última etapa aconteceu em Cianorte, nessa terça-feira (17), e reuniu representantes de Tapejara, Mariluz e São Tomé.

“Nosso intuito é incentivar os municípios a descobrir seus reais potenciais e capacitar os gestores públicos para o levantamento de dados, tanto da estrutura física quanto da de serviços e atrativos. Com o inventário de cada cidade, faremos um catálogo completo de destinos e produtos da Região Corredores das Águas, o que contribuirá para a divulgação e, consequentemente, para o aumento de visitantes e da geração de renda”, contou a presidente da Retur, Vanda Pille.

Para o secretário municipal de Indústria, Comércio, Vestuário, Serviços e Turismo de Cianorte, Wanderley Fernandes, o encontro foi produtivo e elevou as expectativas de crescimento do setor na Capital do Vestuário. “Cianorte tem inúmeros atrativos, como o turismo rural, gastronômico, religioso, ecológico, de aventura e de eventos. Com certeza, o inventário de tudo isso junto à Retur, vai estimular o aproveitamento do potencial”, destacou.

Nesse sentido, a coordenadora de Turismo de Cianorte, Ângela Carvalho, elogiou a atuação da Retur. “Além das palestras ministradas pela turismóloga, a entidade está à disposição para prestar orientações e contratou um fotógrafo para registrar os atrativos das cidades. Isso torna nosso trabalho mais qualificado e valorizado”, afirmou. A previsão é de que os levantamentos dos municípios sejam concluídos até dezembro e que o inventário regional fique pronto em fevereiro de 2018.

Texto e Foto: ASCOM PMC

Compartilhe: