Cianorte recebe UBV veicular contra a dengue

ubvCianorte recebe um importante apoio no combate ao mosquito Aedes aegypti, enquanto os casos de dengue aumentam. Já estão na cidade os veículos para passar o veneno no sistema Ultra Baixo Volume (UBV). O carro UBV aplica o veneno com mais eficiência que o sistema costal que era feito até então com os agentes da Secretaria de Saúde. “Já recebemos dois carros e aguardamos a chegada de mais dois”, comentou o coordenador de combate à dengue da 13ª Regional de Saúde, Sidney Amadeu. “Devemos começar o trabalho em Cianorte já no início da semana”.

Os casos de dengue dobraram em menos de um mês em Cianorte, seguindo o quadro problemático em toda a região. Hoje a cidade soma 258 casos confirmados da doença, sendo que na segunda semana de abril eram 115. Há 482 notificações, com um Índice de Infestação Predial (IIP) de 4,10%. O tolerável pela Organização Mundial de Saúde (OMS) é até 1%, o que caracteriza Cianorte num quadro epidêmico. Já na região os municípios com mais problemas são Cidade Gaúcha com 219 casos e IIP de 2,60%, Guaporema com 25 casos e IPP de 1% e Indianópolis com 124 casos e IPP de 1,56%, conforme dados da Regional de Saúde.

As caminhonetes – que tem o motor do equipamento de UBV acoplado na carroceria – estavam passando o veneno em cidades da região que estão em alerta ou em epidemia, como Indianópolis e Cidade Gaúcha. As outras duas devem vir de Curitiba nos próximos dias. O governo estadual libera os veículos para as cidades conforme o avanço da doença até chegar ao quadro epidêmico. Até isso, cabe a cada prefeitura realizar suas próprias ações.

O UBV veicular consegue atingir os focos do mosquito de maneira mais eficiente, eliminando os ovos do inseto. Por isso, é importante os moradores deixarem as janelas e portas abertas quando o carro UBV estiver passando pela rua, já que não há risco para as pessoas. Caso os imóveis estejam fechados, podem servir de abrigo aos mosquitos.

A previsão é passar por 25 regiões de Cianorte, incluindo os distritos de Vidigal e São Lourenço, atingindo 33,9 mil imóveis a partir de amanhã. Os veículos UBV devem passar o veneno entre a tarde e noite (entre 17h e 21h30) e de manhã (entre 5h30 e 9h30). No ano passado esse serviço foi feito por aproximadamente 45 dias.

MUTIRÃO – Enquanto isso, a secretaria de Saúde de Cianorte segue nas ações de prevenção e orientação para a população. Na última sexta-feira houve bloqueio no centro e no Aquiles Comar. “Essas ações acontecem conforme o número de notificações e servem para evitar a formação de novos focos”, comentou a supervisora do Programa de Combate à Dengue de Cianorte, Vera Lucia Fusisawa.

Também está previsto na próxima semana um mutirão no Seis Conjuntos. A ação de coleta de material descartável e de limpeza acontecerá entre os dias 20 e 24 de maio com participação dos moradores e de diferentes secretarias da prefeitura.

CRESCIMENTO DA DENGUE EM CIANORTE:
12 de fevereiro – 12 casos
4 de março – 17 casos
11 de março – 21 casos
19 de março – 37 casos
27 de março – 52 casos
4 de abril – 78 casos
14 de abril – 115 casos
23 de abril – 132 casos
29 de abril – 147 casos
2 de maio – 176 casos
9 de maio – 216 casos
16 de maio – 258 casos

Texto: Andye Iore / Foto: Prefeitura de Cianorte

Compartilhe: