Cianorte perde Engenheiro Civil com 64 anos de formação

Altivo Rubens Marques morreu nessa quinta-feira (9), aos 94 anos. Crea-PR lembra que o profissional recebeu honraria em 2017 por sua carreira exemplar. Ele atuou por 40 anos na Companhia Melhoramentos Norte do Paraná 

Morreu nessa quinta-feira (9), aos 94 anos, o Engenheiro Civil Altivo Rubens Marques, que morava no município de Cianorte. A morte foi natural, após falência múltipla. Para o Crea-PR (Conselho de Engenharia e Agronomia do Paraná), o profissional irá fazer falta, pois era uma pessoa e profissional de carreira exemplar. Marques se formou em Engenharia em 1953 pela Escola de Engenharia da Universidade Federal do Paraná e se habilitou ao Conselho um ano depois, completando 64 anos de formação. Desse período, 40 anos foram dedicados à Companhia Melhoramentos Norte do Paraná, que deu origem a muitos municípios da região Noroeste.

Em 2017, o Engenheiro Civil foi indicado pela Associação Regional de Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos de Cianorte ao Prêmio de Destaque Profissional – realizado anualmente pelo Crea-PR -, que valoriza os trabalhos da área. A indicação foi pelo tempo que trabalhou de maneira exemplar em prol da Engenharia. Ele foi um dos oito vencedores da categoria Carreira Destaque. Naquele ano, mais de 300 profissionais de todo o Paraná, entre presidentes de entidades de classe, conselheiros e coordenadores de cursos, participaram da eleição.

O Crea-PR lamenta a morte de Altivo Rubens Marques reconhecendo, mais uma vez, a importância que teve para a Engenharia no noroeste paranaense, em especial, para Cianorte e região.

Fonte: Assessoria de Comunicação do CREA-PR

Compartilhe: