Cianorte participa de reunião sobre vestuário em Curitiba

vestuario-fiep

O vice-prefeito, Beto Nabhan e o presidente do Sinveste – Sindicato das Indústrias do Vestuário de Cianorte, Wilson Becker, também chefe da Divisão do Vestuário da Secretaria Municipal de Indústria e Comércio, participaram hoje (24) de reunião do Conselho Setorial da Indústria do Vestuário e Têxtil, da FIEP – Federação das Indústrias do Paraná, em Curitiba. Na pauta, vários assuntos de interesse do setor, como a manutenção da alíquota de 3% de ICMS para as indústrias de confecção, um benefício concedido em 2015, mas válido apenas para aquele ano.

Considerada fundamental para o setor,que é  um dos mais impactados tanto pela guerra fiscal entre os estados quanto pela concorrência com produtos importados, a redução da alíquota, que atualmente está em 4%,  vem sendo uma demanda constante das entidades. “Amanutenção desse benefício é de extrema importância  para a competitividade das confecções paranaenses”, afirmou Beto Nabhan.  “A perda de competitividade do setor, que emprega perto de 100 mil pessoas em todo o Paraná, poderá gerar um sério problema social”, completou.

Beto Nabhan informou que para tratar desse assunto e de outros relacionados às confecções cianortenses, solicitou, por meio do deputado Estadual Jonas Guimarães,uma reunião com o governador Beto Richa, já agendada para o dia 04 de abril próximo. “Vamos reforçar a questão da alíquota e também a regulamentação da isenção do ICMS sobre os mostruários”, antecipou. Para as entidades, a remessa de peças para mostruário não tem valor comercial e deve, portanto, ser isentada da cobrança de ICMS.

A presença dos representantes cianortenses na reunião do Conselho do Vestuário da FIEP, colocouem discussão assuntos específicos do setor do vestuário local. Entre eles, a participação das confecções de Cianorte no ID Fashion 2017 – evento idealizado pela FIEP em parceria com o Sebrae.  “O ID Fashion é uma estratégica vitrine para as marcas, além de ser uma oportunidade única de estabelecer contato e conhecer a opinião do consumidor final e de especialistas”, destacouWilson Becker. Outro destaque da reunião, segundo Becker, foi a definição de cursos de capacitação de mão-de-obra e empresarial que poderão ser trazidos para Cianorte por meio do Sebrae e do Sesi/Senai. “A ideia é fornecer oportunidades de qualificação com temas atuais e inovadores, de forma a promover e ampliar a participação das confecções locais nos mercados nacional e também internacional”, disse.

Texto e foto: Ascom Sinveste

Compartilhe: