Chefe de gabinete esclarece sobre polêmica de terreno

glauci01A chefe de gabinete da prefeitura de Cianorte, Glaucilene Gomes Águila (foto), esclarece sobre publicações divulgadas na internet envolvendo seu nome e de seu irmão. O assunto está relacionado a um terreno, conforme copia de um recibo publicada abaixo.

“Figura nas redes sociais comentários envolvendo meu nome. Realmente, Helio Gomes Aguila Junior é meu irmão e eu sou funcionária pública há 28 anos. Cabe esclarecer que esta é uma tentativa desenfreada de reverter um quadro já definido por força da lei 2.696/2006. Ele recebeu em doação um terreno para a implantação de sua empresa em março de 2009.

Segundo a Lei, o beneficiado tem o prazo de 6 meses pra começar a obra, 1 ano e 8 meses para começar a atividade,  colocando-a em pleno funcionamento, cumprindo o objetivo da Lei de incentivo a indústria que é a geração de emprego e renda.

Ocorre que, esses prazos não foram cumpridos, ao contrário, o mesmo não abriu lá sua empresa, mesmo depois de ter sido advertido, por mim mesma, por diversas oportunidades de que deveria cumprir a Lei.

E independente dele ser meu irmão, a Lei foi cumprida, tendo o imóvel sido revertido ao patrimônio do Município, segundo cláusula de reversão constante da escritura de doação e após o devido processo administrativo, posteriormente doado a outra empresa.

Esclareço, desde já que toda e qualquer atitude ou declaração gerada pelo seu inconformismo é de sua total responsabilidade pelo que, tenho notícia, já está sendo processado e irá responder civil e criminalmente por isso.

Tenho ciência de que ele recebeu da empresa o valor de R$ 150.000,00 pelas benfeitorias ali realizadas, conforme recibo abaixo, que me foi fornecido pela nova proprietária do imóvel.

Eu procurei os jornais Folha de Cianorte e Tribuna de Cianorte para passar as informações e esclarecer a população. O segundo jornal informou que não publicaria a respeito.”
(Por Glaucilene Gomes Águila)

glauci-doc

Compartilhe: