Celepar lança novas tecnologias para o Estado e municípios


A Celepar (Companhia de Tecnologia da Informação e Comunicação do Paraná) lançou nesta quarta-feira (19) duas soluções de tecnologia da informação e comunicação para atender as administrações estadual e municipal, com ênfase na modernização da gestão pública.

O portal Menor Preço Compras e o estudo de Business Intelligence (BI) Municipal foram apresentados aos agentes públicos durante cerimônia no auditório da companhia, em Curitiba.

Inédito no País, o Menor Preço Compras é uma ferramenta de grande valor para as instituições públicas do Estado (Governo e Prefeituras), gerando agilidade, transparência e economia nos processos de compra/licitação.

A partir de agora, as prefeituras terão acesso aos dados estratégicos que o Estado possui sobre todos os municípios nas mais diversas áreas, como saúde, educação, segurança pública, entre outras. Este conjunto de informações está concentrado no estudo de Business Intelligence (BI) Municipal.

O secretário estadual do Desenvolvimento Urbano, Silvio Barros, disse que a população exige cada vez mais responsabilidade nos gastos públicos e que as duas soluções apresentadas pela Celepar estão em sintonia com as aspirações da sociedade e do próprio agente público que precisa de ferramentas eficazes para executar o processo de tomada de decisão.

Para o presidente Tiago Waterkemper, o lançamento foi mais um marco na história de 54 anos da pioneira Celepar, “na medida em que apresentamos à sociedade dois produtos desenvolvidos pela companhia e que vão trazer benefícios diretos ao Governo do Estado e às prefeituras paranaenses.” Segundo Waterkemper, estas ferramentas vão gerar economia de tempo e de recursos para os órgãos públicos estaduais e municipais.

MENOR PREÇO COMPRAS

É um instrumento para a formação do preço de referência para licitações e tem por objetivo a redução do tempo dispensado pelo agente público no levantamento dos preços, economia nos processos de compra pelo poder público, minimização do risco de manipulação de valores que compõem o preço de referência e a padronização na forma de pesquisa de produtos.

O portal (www.menorpreco.pr.gov.br) foi desenvolvido pela Celepar com a participação de técnicos das Secretarias de Estado da Fazenda, Administração e da Previdência, e do Ministério Público do Estado e permite o cálculo de preços de diversos produtos comercializados no Paraná.

Para a geração do preço, o portal leva em consideração os valores praticados nas operações de venda, autorizadas por meio das Notas Fiscais Eletrônicas (NF-e) no Estado.

Todo o processo é realizado em quatro passos, iniciando pela seleção dos produtos. A busca é pela descrição fornecida pelo fabricante, pelo código de barra (GTIN) ou pelas descrições utilizadas na emissão das NF-e. O passo seguinte é a identificação dos critérios para geração do cálculo do preço. Poderá ser escolhido entre três períodos pré-definidos: 30, 90 ou 180 dias, ou então, qualquer período personalizado nos últimos seis meses. Também será necessário definir a região geográfica para o cálculo, podendo ser escolhido todo o Estado, uma ou mais mesorregiões.

Com os produtos selecionados e os filtros definidos, o preço será calculado com base em métodos estatísticos, utilizando os valores praticados no mercado, informado no momento da autorização NF-e, que corresponde ao terceiro passo. E o último é a emissão de certificado, documento que comprova o preço calculado para um conjunto de produtos selecionados e filtros definidos no momento da pesquisa, podendo ser consultado por meio de sua chave de acesso.

BUSINESS INTELLIGENCE MUNICIPAL

Exceto Cambé, os demais 398 municípios utilizam os sistemas da educação em suas escolas municipais.

Portanto, o Estado possui informação sobre cada aluno.

O Estado sabe também em qual rua e em qual horário acontece o maior número de acidentes de trânsito em qualquer cidade do Paraná. Neste sentido, o município pode criar políticas de educação de trânsito para reduzir o número de acidentes e de vítimas.

Estes são apenas dois exemplos da abrangência desta solução desenvolvida pela Celepar.

No quadro atual, o prefeito precisa solicitar ao órgão de origem da administração estadual ou a alguém da sua equipe que levante uma determinada informação. Com a chave de acesso liberada pela Celepar, a informação será acessada em tempo real.

Este conjunto de informações está concentrado no estudo de Business Intelligence (BI) municipal. Cada prefeito terá acesso aos dados exclusivos do seu município.

Com esta medida, o Governo do Estado disponibiliza para cada prefeitura e para os gestores municipais uma solução eficaz de planejamento e de acompanhamento do plano de metas.

Fonte: Agência Estadual de Notícias do Paraná

Compartilhe: