Crônicas da Cidade

MEU ISOLAMENTO

“Sem aviso, o vento vira uma página da vida.” Helena Kolody Quando estou triste saio de mim, dou uma revoada sobre as árvores, na sombra…

Compartilhe: