Catadores de recicláveis ganham novos carrinhos para recolher materiais

catadores01Os catadores de materiais recicláveis de Cianorte que integram a Associação Assistencial dos Agentes Ambientais ganharam na noite da última quarta-feira (1º), cinco novos carrinhos para realizarem seus trabalhos. Os equipamentos foram doados pelos alunos do primeiro ano do curso de Processos Gerenciais da Unipar que durante todo o ano acompanharam os associados, oferecendo diversas formações para melhorar o desenvolvimento das suas atividades. A iniciativa contou com o apoio da Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente.

De acordo com a coordenadora do curso, Dieini Aparecida Cescon, este foi o terceiro ano consecutivo que os alunos da série inicial desenvolvem uma propostadesta natureza. “Desta vez, o projeto de empreendedorismo popular foi ainda mais ousado por trabalhar com um grupo grande e diverso. Os acadêmicos, por meio de pesquisas, identificaram algumas necessidades que esta classe enfrentava e, durante todo o ano, realizaram palestras de aperfeiçoamento e orientaçõescom eles. Os resultados foram ótimos”, relembra.

Foram ofertadas formações de gerenciamento, contabilidade básica, qualidade de vida, liderança, meio ambiente, qualidade de atendimento, entre outros assuntos. “Percebi que uma das grandes dificuldades que eu tinha estava relacionada ao meu orçamento doméstico. Depois dos encontros que tivemos, já cheguei em casa e fui conversando com a minha esposa para discutir onde poderíamos deixar de gastar para investir em outras coisas”, conta o reciclador, José Raimundo dos Santos.

“Foi uma iniciativa excelente, tanto em relação ao aprendizado que recebemos, quanto aos carrinhos que ganhamos e que facilitarão a nossa atuação. Tudo isso será muito útil para o nosso desenvolvimento e organização. Muito obrigado à Unipar e aos alunos pelo esforço destinado a esta empreitada”, disse o presidente da Associação, Valdomiro Valter Pego.

O projeto de empreendedorismo social, no entanto,não deve parar por aí. De acordo com a coordenadora do curso, Dieini Cescon, para o ano que vem tem mais.“Queremos ampliar sua atuação e, assim, auxiliar ainda mais os catadores”, frisou. “Esta é, sem dúvida, uma atitude notável, já que os alunos têm a possibilidade de conhecer a realidade da ocupação dos catadores e ainda a importância que ela exerce na sociedade”, comenta o secretário municipal de Meio Ambiente, Guilherme Comar Schulz. (Texto e Fotos: ASCOM PMC)

catadores02

Compartilhe: