Canil de Cianorte realiza Feirinha de Adoção

canil01

Chamar a atenção dos cianortenses para os cachorros em situação de rua, assim como para a adoção responsável de animais é o principal objetivo da prefeitura de Cianorte que, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SEMMA), promove no próximo sábado (8) a terceira edição da Feirinha de Adoção do Canil Municipal. A mobilizarão será realizada na Praça 26 de Julho, entre 9h e as 14h, e visa encontrar lares para os cães abandonados que receberam os cuidados da instituição.

Serão disponibilizados para a adoção cachorros de ambos os sexos e de diversas faixas etárias, tamanhos e temperamentos, que foram devidamente vermifugados, vacinados, castrados e microchipados. Para adotar, é necessário ter mais de 18 anos, preencher a ficha cadastral com dados pessoais e assinar o Termo de Adoção, pelo qual se assume a responsabilidade de cuidar corretamente do animal.

“Na ocasião, também prestamos dicas sobre os cuidados e outras orientações para a adoção consciente. É importante lembrar que os interessados são informados de que o abandono é crime e, neste sentido, o microchip serve para a identificação do responsável. Assim, os animais seguem com seus novos donos juntamente com a ficha veterinária, carteira de vacinação e certificado de microchipagem”, aponta o secretário municipal de Meio Ambiente, Guilherme Comar Schulz.

“Com a dedicação do Governo Municipal, o empenho da clínica prestadora de serviços e o envolvimento das pessoas que se preocupam com a causa, estamos conseguindo escrever uma nova história para os cães em situação de rua, assegurando-lhes condições dignas de vida. Neste sentido, a Feirinha de Adoção é uma oportunidade dos cidadãos conhecerem o trabalho prestado pelo Canil Municipal, bem como de ofertarem carinho aos cães e, por fim, de concederem um lar aos animais abandonados. Por isso, convidamos a todos para que passem pelo local e façam uma visita à ação”, destaca o prefeito Bongiorno.

RESULTADO – Com a nova sede, inaugurada em junho deste ano, o Canil Municipal já apresenta resultados positivos de um trabalho inovador. Administrado, desde então, pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e com a prestação de serviços de uma clínica veterinária contratada por licitação, o órgão está abrigando e tratando de mais de 150 animais, desde filhotes a idosos, sendo todos resgatados das ruas em condições de abandono.

“A construção e estruturação do novo Canil rendeu muitas críticas à Prefeitura. Porém, o que muitos não sabem é que o processo para esta conquista foi extremamente burocrático e que toda a equipe não mediu esforços para concretizá-la. Não fizemos nada na correria e, muito menos, na ilegalidade. Hoje, prestamos um trabalho sério e uma assistência de qualidade aos animais abandonados”, conta o prefeito.

Desde a implantação do novo sistema, já foram realizadas, aproximadamente, 200 cirurgias de castração, bem como outros procedimentos comuns a todos os animais (como ministração de vermífugo, vacinação e microchipagem), além de tratamentos específicos (como quimioterapia e cirurgia ortopédica). A sede, fruto de investimentos na ordem de R$ 300 mil, está localizada na Avenida Galeão, nº 150 (próxima a Acrenorte) e conta com uma área de 370 m², divididos em seis salas de procedimento e 20 baias.

“Nosso Canil conta com uma infraestrutura ímpar na região, melhor do que as encontradas em muitas cidades grandes. Foi tudo feito de acordo com as especificações do Instituto Ambiental do Paraná (IAP) e do Ministério Público. Além disso, os atendimentos são prestados por profissionais altamente capacitados, tanto da Clínica Veterinária Vitão quanto da SEMMA. Tudo isso tem garantido um novo destino aos cães abandonados que, uma vez saudáveis e bem tratados, são disponibilizados para a adoção. Somente em setembro, 32 animais foram acolhidos por famílias cianortenses”, conclui o secretário de Meio Ambiente.

Texto e foto: Assessoria PMC

Compartilhe: