Campanha do Agasalho arrecada mais de nove T de roupas

agasalho-mai 08

Em meio ao Outono, a temperatura já começou a cair em Cianorte e, para proporcionar condições dignas e confortáveis para que os menos favorecidos enfrentem o inverno, que inicia oficialmente em 21 de junho, a Campanha do Agasalho segue a todo vapor. No último sábado (6), o Provopar de Cianorte, por meio do Tiro de Guerra, efetuou a segunda coleta de doações em residências, percorrendo a Zona 2, Vila Operária, Zona 4, Jardim Santa Felicidade e demais bairros próximos. Já os funcionários do Banco do Brasil, recolheram os donativos no distrito de Vidigal.

No total, a segunda etapa arrecadou mais de nove toneladas de calças, blusas, casacos, luvas, cachecóis, cobertores, calçados e similares. “A solidariedade é uma característica do povo cianortense. Agradecemos a cada um que está colaborando com a iniciativa, seja na doação, na coleta ou na triagem e embalagem das peças recebidas. Cada um tem um papel fundamental para vencermos a guerra contra o frio”, destacou a primeira-dama e presidente do honra do Provopar, Fátima Bongiorno.

Neste sentido, a coordenadora da entidade, Neide Ferreira, efetuou elogios. “Parabenizamos a todos os que estão seguindo o exemplo de Jesus como servo, que presta socorro aos necessitados e desperta a comunidade para realizar ações concretas a favor deles. Assim, agradecemos aos nossos parceiros:
Prefeitura, Tiro de Guerra, Banco do Brasil e Cianorte Trail Club, bem como a as secretarias municipais, órgãos e empresas que nos amparam nas coletas, como o Corpo de Bombeiros, a Avenorte e a Júpiter Baterias. Cada veículo e motorista é essencial para o êxito”, afirmou.

agasalhomai03Com o fim das coletas nas moradias, o presidente do Provopar, Ed Wilson, lembra que ainda é possível contribuir. “Os membros do CTC estão realizando arrecadações nos edifícios residenciais e há pontos distribuídos nas sedes dos parceiros e pelo comércio em geral. Além disso, as pessoas podem trazer as doações diretamente no Provopar, localizado na Avenida América, nº 4.000, próximo a Rodoviária”, salientou.

Somadas, as duas etapas de coleta em residências resultaram em mais de 20 toneladas de donativos, que irão beneficiar entidades assistenciais e as famílias carentes do município.
A expectativa do Provopar, ao final, é superar a arrecadação do último ano, que foi de aproximadamente 30 toneladas.

Texto e foto: Ascom PMC

Compartilhe: