• folhadecianorte@gmail.com

Fale com a Folha

44 3018-2015


17 de outubro de 2017

2:53

Bongiorno se considera mais gestor público que político

Publicado em 5 de outubro de 2016

bongiorno01

O prefeito reeleito Claudemir Bongiorno (foto) demonstrou grande gratidão para a população de Cianorte. “O agradecimento é do fundo do meu coração. Nós sabíamos que é muito difícil uma reeleição no Brasil hoje”, comentou sobre o descrédito da classe política no país. Ele comenta ter sido eleito em cinco eleições, ressaltando seu lado gestor. “Vale a pena ser gestor público e não só político”, considera sobre sua reeleição.

Ele ressalta suas realizações em três anos e meio como prefeito. “Não tivemos crise na prefeitura. Tivemos crise em Cianorte, no Paraná e no Brasil. Mas, a prefeitura cresceu! Cresceu o patrimônio, a moral dos nossos servidores”, conceituou, apontando que a população reconheceu o emprenho. “Quem não votou em mim eu compreendo. Sei que não seremos unanimidade. Mas, acabou a eleição. Eu vou administrar para 77 mil cianortenses”. Confira a seguir entrevista com o prefeito Claudemir Bongiorno falando sobre a reeleição:

FOLHA DE CIANORTE – Quais os fatores em sua gestão que fizeram ser reeleito?
BONGIORNO – Primeiro eu acho que foi a verdade que nós pregamos durante os quatro anos. Segundo foi a Saúde. Foi muito importante o que nós investimos e a forma como nós conduzimos a Saúde. Terceiro, tivemos uma crise institucional, financeira e política no Brasil nos últimos quatro anos. Foi o ano que mais choveu… tudo de ruim aconteceu nesses quatro anos. Mas, nós não nos abatemos. Nós conseguimos nos manter em pé e transformar a prefeitura como a melhor empresa de Cianorte. E nós crescemos! Compramos seis alqueires para fazer casa popular, dois alqueires para fazer empresa, melhoramos as nossas praças, temos a passagem de ônibus mais barata, pagamos conta de água de quem consome até dez mil litros, entre tantas outras coisas que nós fizemos durante quatro anos. Eu tenho certeza que isso tudo foi avaliado pela população pela população de Cianorte. Não tenho dúvida que serei apoiado, pois a eleição já acabou. Até aqueles que não votaram em nós, não votaram no prefeito Bongiorno e não votaram no 15, tenho certeza que a partir de agora estarão todos preocupados com Cianorte. Vamos caminhar juntos!

Essa é a quinta eleição que o senhor é eleito. O senhor já tem um perfil de político bom gestor?
Acho que sim! [enfático] Acho que criamos uma marca mostrando que vale a pena ser gestor público e não só político. Mesmo porque se eu fosse fazer só política, eu acho que não seria vencedor. Eu tenho mais dom de administrador que de político porque eu falo a verdade. E, muitas vezes, na política você não pode falar a verdade. Mas, eu não consigo mentir. Eu procuro ser honesto, mais sincero possível e muitas vezes perdemos alguns votos por isso. Mas, eu prefiro perder voto falando a verdade, que ganhar voto tentando mentir para a população.

A atual gestão teve várias realizações que fio carão pra sempre em Cianorte como a UPA, melhorias na Segurança, programas para agroindústria familiar. Na próxima gestão o que o senhor gostaria de fazer ou o que deve ter essa importância?
Um grande foco que teremos é na mobilidade. Vamos cuidar muito da mobilidade porque Cianorte está se transformando de uma cidade pequena, para uma cidade maior. Temos que cuidar desse momento, dessa transição. Mas, não vamos abandonar os projetos que já fizemos. Porque foi em cima desses projetos que a população acreditou em nosso trabalho. E não é agora que fui reeleito que vou deixar de fazer essas coisas. Pelo contrário, vamos investir ainda mais nos nossos projetos sociais porque isso é de suma importância. Vamos fazer aquele que não come, comer. Aquele que não se veste, se vestir. O dinheiro não tem que ficar na prefeitura e sim com aqueles que mais necessitam. E é por esse caminho que vamos seguir por mais quatro anos.

Uma coisa que muitos não se dão conta é que o senhor tem a parceria com o deputado Jonas Guimarães e bom acesso com o governador Beto Richa, que ajuda a receber verbas estaduais e federais. Há cidades maiores que não tem isso. O senhor tem expectativa que isso continue?
Precisa continuar! O filho que não se dá com o pai, não tem mesada. É uma ignorância o prefeito nãos e entender com o deputado. Isso é um absurdo! Quem perde não é o partido político, não é a bancada ou segmento político. Quem perde é a população! A eleição acabou, você tem que unir com quem tem poder. Quem tem poder? É o governador! Quem tem o poder de fazer algo pelo município, trazer recurso? É o deputado! Ignorante é aquele que fica atrás de partido depois da eleição. Temos que ir atrás de verbas e recursos. Depois daqui quatro anos, pense no que você vai fazer. Analise o que vai fazer. Mesmo porque o Brasil tem mais de 30 partidos. Não existe mais ideologia partidária! Hoje existe ideia positiva e comprometimento com a sociedade. Se fosse pensar em partido ninguém saberia votar nesse país. Porque se perguntar o 15 que partido que é, acredito que 50% da população não sabe que o 15 é PMDB. Aqui votou no 15 porque eu carreguei o 15 como a minha bandeira.

bongiorno02A parceria com o Beto Nabhan começou vencedora. O senhor tem qual expectativa de trabalhar com ele no gabinete?
Foi maravilhoso! Coincidentemente, eu conheci mais da personalidade do Beto durante a campanha. E foi algo muito bacana! Tenho certeza absoluta que vamos nos entender muito bem. Eu posso sair de ferias tranquilo e com a certeza que posso entregar a prefeitura na mão do Beto que vai me dar uma tranquilidade muito grande. Cianorte está de parabéns porque elegemos uma pessoa que representa a família Nabhan, que vai ficar na história para sempre da cidade. Como os Matarazzo ficaram em São Paulo. E o Beto traz nas costas também a confecção. E nós estamos com as agroindústrias, pequenas empresas, a Educação… isso tudo será uma somatória importante de projetos. E muito consciente, pois não prometemos nada que não podemos fazer. E também não deixar nada pelo caminho pensando em política. E outra coisa: obra em Cianorte tem que ser bonita! Tem que ficar para muitos anos e dando orgulho para a nossa população.

O campanha de vocês não teve ataque aos adversários, mas vocês foram muitos criticados… teve até mentiras. Como o senhor avalia essa postura?
O povo não aguenta mais mentiras, pregar inverdades! E nós tínhamos muito o que falar. O tempo nem foi suficiente na televisão e no rádio para falarmos tudo o que fizemos. Ficou muita coisa que não deu tempo nem de mostrar para a população. Coisas menores, mas que tem significado muito importante. Mas isso foi avaliado pelo eleitor que nos levou à reeleição.

E como o senhor agradece a quem votou para sua reeleição?
O meu agradecimento é o mais sincero possível! Eu falo muito obrigado e peço desculpa para aqueles que eu não consegui levar a minha mensagem, pra quem eu não consegui transferir tudo aquilo que eu gostaria de verdade pura e sincera. E quem não votou em mim não tem problema e eu encaro como um desafio a mais para continuar trabalhando. Quem sabe em outra eleição ou apoiando alguém, as pessoas que não me apoiaram dessa vez, um dia reconheçam que fizemos um trabalho muito árduo e muito sincero. E o importante não é o prefeito Bongiorno ganhar. O importante é Cianorte continuar ganhando e crescendo. O nosso objetivo é “Cianorte, capital do vestuário, cidade sem fronteira, porque assim juntos seremos muito mais”.

Texto : Andye Iore / Folha de Cianorte
Foto urna: Luiz A. Barbosa
Foto comemoração: Andye Iore

"Conteúdo protegido por direitos autorais. Cite crédito ao usar textos e fotos da Folha de Cianorte"

About the author /


Jornalista formado em 2002 pelas Faculdades Maringá, com especialização em Comunicação e Educação. Já foi correspondente regional da Gazeta do Povo, trabalhou no O Diário (de Maringá), rádio CBN Maringá, coordena o projeto cultural Zombilly, entre outros.

Jornal Folha Regional de Cianorte

Endereço: Av. Brasil, 1167, Cianorte - PR.

Telefone: (44) 3018-2015

Email: folhadecianorte@gmail.com

Diretor proprietário

Luiz Antônio Barbosa

Editor de conteúdo

Andye Iore.

Desenvolvido por Web 7 - Soluções digitais