Benefício melhora a vida dos pequenos agricultores

03/11/2016 - Projeto Renda Agricultor Familiar é lançado em AnO governo do Paraná lançará oficialmente hoje (4), às 9h30, em Antônio Olinto, no Sul do Estado, uma nova ação do programa Família Paranaense, que alcançará 5.600 famílias até 2019. Trata-se do Renda Agricultor Familiar, benefício que transfere um valor fixo às famílias de baixa renda que vivem na área rural. Serão investidos R$ 14 milhões no projeto coordenado pela Secretaria da Família e Desenvolvimento Social, em parceria com a Emater.

A secretária Fernanda Richa destaca que esta ação traz melhorias na qualidade de vida das famílias que vivem no campo. “O Renda Agricultor Familiar dá mais condição para que as pessoas que moram no campo e vivem da agricultura possam melhorar de vida. Com o dinheiro que recebem elas podem fazer melhorias em casa, nas plantações, melhorar a situação em que vivem, o que contribui para a emancipação das famílias”, diz Fernanda.

COMO FUNCIONA – O Renda Agricultor Familiar oferece às famílias selecionadas um benefício no valor de R$ 2 mil ou R$ 3 mil, dependendo da renda familiar. O recurso deve ser investido em um projeto pré-definido entre a família e os técnicos da Emater, conforme sua necessidade. Desde a elaboração até a implantação, elas são acompanhadas e orientadas pelo órgão, que também avalia os resultados.

Podem ser desenvolvidos projetos nas seguintes áreas: melhoria da qualidade da água e do saneamento, melhoria da produção de alimentos para o autoconsumo ou para a geração de renda.

EXPANSÃO – A primeira etapa do projeto teve início em novembro do ano passado e beneficiou 49 famílias que vivem em Inácio Martins, Doutor Ulysses e São João do Triunfo. Atualmente, 181 famílias de nove municípios do Estado estão com projetos sendo desenvolvidos pelos técnicos da Emater.

Além de Antônio Olinto também participam Agudos do Sul, Almirante Tamandaré, Arapuã, Bocaiúva do Sul, Campo do Tenente, Cerro Azul, Faxinal, General Carneiro, Grandes Rios, Imbaú, Itaperuçu, Ivaí, Marilândia do Sul, Mauá da Serra, Novo Itacolomi, Ortigueira, Paula Freitas, Piraí do Sul, Piraquara, Porto Vitória, Reserva, Tibagi, Tijucas do Sul, Tunas do Paraná e Ventania.

FAMÍLIA PARANAENSE – Lançado em 2012, é o principal programa do Governo do Estado para a superação da pobreza no Paraná. O atendimento às famílias em situação de risco e vulnerabilidade social é feito por meio de ações articuladas de 19 secretarias e órgãos estaduais.

Desde a implantação, 233,5 mil famílias foram atendidas em todos os municípios do Estado. Até junho deste ano, foram investidos R$ 131 milhões em ações como transferência de renda, apoio financeiro aos municípios para o atendimento à população e projetos voltados para crianças e adolescentes.

Texto e foto: AE-PR

Compartilhe: