Atirador de Tapejara chegou de roupa preta e capacete para cometer homicídio

Marcos Francisco da Silva, 33 anos, morto enquanto trabalhava em uma confecção de roupas em Tapejara, foi atingido pelas costas por disparos efetuados por um homem com roupas pretas e capacete, de acordo com a Polícia Militar (PM). O crime aconteceu nesta segunda-feira (12).

Testemunhas viram uma motocicleta suspeita circulando nas imediações da confecção conhecida como ‘Lixado’, que, segundo a PM, pode ter sido o meio de transporte utilizado para o atirador fugir. “Ainda não há confirmação, mas o veículo visto circulando é suspeito”, explicou o tenente Lucas Cemim.

Tudo aconteceu por volta das 15h, quando Silva foi atingido pelas costas por inúmeros disparos. No momento do crime havia mais cinco ou seis pessoas no local, que saíram correndo para se proteger.

Com a chegada da PM o socorro médico foi acionado para atender a vítima, mas Silva morreu ainda no local. O corpo foi recolhido ao Instituto Médico-Legal (IML) e equipes da Polícia Civil (PC) e criminalística estiveram no local para iniciar as investigações.

Fonte: O Bem Dito

Compartilhe: