Amor de cães por dono ganha destaque internacional


A história de amor e carinho dos seis cachorros que ficaram na porta da Santa Casa de Cianorte esperando por seu dono, um morador de rua, que havia sofrido um princípio de acidente vascular cerebral (AVC), ficou conhecida no país todo e agora ganhou destaque internacional após reprodução do jornal Pulzo na Colômbia, reproduzindo uma matéria publicada sobre o assunto no G1.

A HISTÓRIA

Na noite do último dia 02 de janeiro, o morador Luiz Gonçalves deu entrada no hospital um princípio de acidente vascular cerebral (AVC). Os cachorros seguiram a ambulância até o hospital e ficaram na porta da instituição até a manhã de quinta-feira (3), quando seu dono recebeu alta.

Mas a demonstração de amor do animais começou a ganhar uma atenção especial durante a madrugada quando uma funcionária do hospital postou nas redes sociais uma foto com os cães em frente a Santa Casa com o seguinte texto: “Com tanta gente mal por aí, hoje me deparei com essa cena. No hospital em que trabalho, as 3h da madrugada, enquanto seu dono (morador de rua) estava sendo atendido, seus companheiros esperavam na porta. Uma pessoa simples, sem luxo, que depende da ajuda para vencer a fome, o frio, as dores, as maldades do mundo, tem ao seu lado os melhores companheiros , e a troca é recíproca. Troca de amor, carinho, calor, compreensão,. Uma pessoa que nos confessou que deixa de comer para alimentá-los. Não sei como é a vida dele, o porque está na rua, e nem quero saber e julga-lo, mas admiro o respeito e amor que ele tem pelos seus bichinhos. Ver eles assim, esperando na porta, só mostra o quanto eles são bem cuidados e amados. Ai se todos fossem assim…. Se não tivesse maldade, maus tratos….”

Na ocasião, voluntários da Organização Não Governamental (ONG) Amigos de Patas Cianorte também tiraram fotos dos bichos deitados na entrada do hospital. A voluntária Simone Ziliane conta que os cachorros seguiram a ambulância que levou Luiz e ficaram uivando por horas na frente do hospital.

“Os cães ficaram desesperados. Na manhã de quinta-feira (3) quando o seu Luiz recebeu alta e saiu com o irmão por outra porta, os cachorros permaneceram na entrada do hospital. Uma das voluntárias da ONG teve que buscar o seu Luiz na casa do irmão dele e levá-lo até onde os cães estavam para eles saírem lá da frente”, conta.

A cena rapidamente acabou ganhando destaque em vários jornais e sites brasileiros e na última quinta-feira (10) também acabou recebendo destaque no site do jornal colombiano Pulzo (https://www.pulzo.com/mundo/perros-esperaron-habitante-calle-por-todo-dia-afuera-hospital-PP621952). (Com informações do G1 e Estado de São Paulo)

Fonte: Juliano Secolo – Redação Folha

Compartilhe: