Adolescentes sofrem queimaduras pelo corpo após explosão de narguilé

Duas adolescentes, de 14 e 15 anos, sofreram queimaduras pelo corpo após um narguilé explodir em Japurá, no noroeste do Paraná, na madrugada deste último domingo (22).

De acordo com a Polícia Militar, as duas garotas estavam em um baile com vários amigos quando foram acender o equipamento com álcool e ele explodiu.

Um policial militar que estava de folga socorreu as duas meninas e encaminhou ao Hospital e Maternidade Santa Terezinha de Japurá.

A menina de 14 anos está internada em estado grave com cerca de 36% do corpo queimado, segundo o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). As duas foram transferidas para o hospital Santa Casa em Cianorte, também na região noroeste.

A garota de 15 anos está internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) com 50% do corpo queimado. Conforme o Samu, durante esta tarde, ela precisou ser novamente transferida. Dessa vez para um hospital referência em tratamento de queimados, o Hospital Universitário de Londrina, no norte.

PROIBIÇÃO

A utilização de narguilé por menores de 18 anos é proibida em Japurá desde 2017. Conforme previsto em lei, é proibido usar o equipamento em locais públicos, abertos ou fechados, bem como as essências.

A lei municipal prevê que a utilização de narguilé só é autorizada em estabelecimentos que possuem espaço destinado para o fim ou que tenham relação com a cultura árabe. Mesmo assim, a presença ou permanência de menores de idades é proibida, mesmo que acompanhados dos responsáveis.

Fonte: RPC Noroeste e Portal Cruzeiro do Oeste / Foto: Imagem Ilustrativa

Compartilhe: