Ações da APMI garantem melhorias na vida familiar

Guaraporema-3A Associação de Proteção a Maternidade e Infância (APMI) de Guaraporema tem constantemente realizado diversas atividades visando educar, instruir e melhorar a vida das famílias do município. Entre os projetos que se destacam está o Programa de Aquisição de Alimentos executado em parceria com a Secretaria de Estado do Trabalho, Emprego e Economia Solidária. Através do programa foram cadastrados 28 pequenos agricultores familiares que beneficiaram seis entidades do município como escolas municipais, a Casa do Idoso e a Pastoral da Criança. Com isso, mais de 1200 pessoas entre crianças, idosos e jovens foram beneficiadas com o programa que garante uma alimentação mais adequada.

A APMI também promoveu encontros mensais com gestantes e pessoas hipertensas e diabéticas com o intuito de proporcionar às gestantes palestras sobre: cuidados com a saúde, alimentação, a importância da amamentação, higiene e cuidados com doenças epidemiológicas. Com os hipertensos e diabéticos, as palestras versavam sobre alimentação adequada, tabagismo, uso de bebidas alcoólicas e a importância de exercícios físicos. Todas as palestras eram ministradas por profissionais da saúde como médicos, psicólogos, nutricionistas e fisioterapeutas.

Através de uma parceria com o Centro de Referência em Assistência Social (CRAS), a APMI de Guaporema promoveu cursos profissionalizantes (como artesanato) para as mulheres do município, com o intuito de melhorar a renda familiar. Além disso, a entidade ajudou famílias carentes confeccionando camisetas para os uniformes escolares das crianças. Com esse projeto 60 pessoas foram beneficiadas. Também nesse sentido em parceria com a Prefeitura Municipal, foram confeccionados uniformes para 110 funcionários da Prefeitura. Ou seja, por meio das atividades promovidas pela APMI Guaraporema as famílias do Município acabam tendo acesso à informações e programas sociais importantes para o desenvolvimento de uma vida com mais qualidade.

Texto: Juliano Secolo com informações e foto da UNAPMIF

Compartilhe: