Fusão de institutos ambientais trará mais economia e eficiência


A fusão dos três institutos da área do meio ambiente do Paraná em apenas um órgão, o Instituto de Água e Terra, trará economia e mais eficiência às questões relacionadas à área, avaliou o governador em exercício Darci Piana. Ele coordenou a reunião de secretários de Estado, presidentes e diretores de órgãos estaduais nesta quarta-feira (27), no Palácio Iguaçu.

Na reunião, o secretário do Desenvolvimento Sustentável e Turismo, Marcio Nunes, apresentou a reforma administrativa que está sendo feita na pasta. Uma das ações é a criação do Instituto de Água e Terra, que integra em um único órgão o Instituto Ambiental do Paraná (IAP), o Instituto de Terras, Cartografia e Geologia do Paraná (ITCG) e o Instituto das Águas do Paraná. Entre as atribuições do novo órgão estão o monitoramento, outorga, licenciamento, cuidado com a natureza e obras de drenagem e de saneamento.

Além da fusão dos institutos, também há diminuição no número de diretorias e coordenadorias da pasta. “Houve uma redução bastante grande na secretaria. Esse enxugamento é fundamental e está dentro do espírito do governo de fazer redução de custos e trazer mais eficiência à máquina pública”, afirmou Piana. “Mesmo com a fusão dos órgãos, o licenciamento e outorgas ambientais serão feitos de forma mais célere, trazendo mais garantias para quem quer investir no Estado”, disse.

FISCALIZAÇÃO

A modernização da Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e Turismo também prevê uma maior integração com o Batalhão de Polícia Ambiental para ampliar a fiscalização das áreas protegidas e dos empreendimentos construídos sem licenciamento ambiental, explicou Marcio Nunes.

“A partir do monitoramento por satélites e radares feito pelo Simepar, reforçaremos, em conjunto com a polícia, a atuação relacionada a contraventores que não procuram os órgãos ambientais para regularizar sua situação e fazer o licenciamento”, disse Nunes. “Nosso foco é a sustentabilidade e o equilíbrio. Vamos fazer do Paraná o Estado que mais se desenvolve e que mais cuida da natureza”, afirmou.

VISITA PRESIDENCIAL

Na reunião, o governador em exercício destacou, também, a visita do presidente Jair Bolsonaro a Foz do Iguaçu na terça-feira (26). A posse do novo diretor-geral brasileiro da Itaipu Binacional, Joaquim Silva e Luna, foi a primeira agenda oficial do presidente fora de Brasília. “Foi um encontro muito bom para mostrar o interesse do Estado em renovar e ampliar as parcerias com a Itaipu”, explicou Piana.

Também foi abordada na reunião do secretariado a viagem do governador Carlos Massa Ratinho Junior ao Vale do Silício, nos Estados Unidos, para conhecer inovações tecnológicas que possam ser aplicadas no Paraná.

PRESENÇAS

Além dos secretários, presidentes e diretores dos órgãos estaduais, a reunião também teve as presenças dos deputados estaduais Hussein Bakri (líder do governo na Assembleia), Paulo Litro, Gilson de Souza e Do Carmo.

Fonte: Agência Estadual de Notícias do Paraná

Compartilhe: